Aposto que você já se deparou com um código ilegível e demorou bastante tempo para compreender a lógica de determinada funcionalidade e sua regra de negocio, na maioria das vezes isso ocorre quando o desenvolvedor não tem um padrão de desenvolvimento definido e desenvolve de qualquer jeito. Chad Fowler famoso desenvolvedor de software e autor de vários livros prega que “um bom programador escreve código para outros programadores, e não para máquinas“, concordo com sua afirmação.

Recentemente peguei um projeto que não conseguia compreender, fiquei frustrado com o quanto estava mal escrito aquele código, nomes de variáveis e métodos ilegíveis, encadeamento de código exagerado, arquivos sem uso no projeto, entre outros problemas. Por um lado foi bom ter trabalhado em um código escrito dessa maneira, aprendi a entender o POG (Programação Orientada a Gambiarras) em um nível mais elevado.

ESCREVA PARA PROGRAMADORES 

Ao escrever o código é necessário ter em mente, que outro programador terá que manter o código escrito por você. Você não é imortal, um dia você pode está doente ou sair da empresa, caso seja um empreendedor um dia terá que sair da linha de frente e se dedicar na parte administrativa da empresa, nesse caso terá que deixar seu código para um outro programador dar continuidade nas futuras atualizações, e dedicar seu tempo nos negócios da empresa.

É nessas horas que um código bem escrito, feito para pessoas e não para máquinas tem suas vantagens. O programador vai ter a sua frente um código enxuto e de fácil manutenção.

A IMPORTÂNCIA DE CONHECER A POG

Um pirata não usa um tapa olho porque é cego ou porque sofreu algum acidente, ele usa para um dos olhos se adaptar ao escuro, e assim ele se adapta facilmente em qualquer luminosidade. Comparado essa analogia com a programação, concluímos que um programador deve tanto compreender os códigos mal escritos quanto os variados tipos de padrões de projetos.

Como desenvolvedor precisamos ter em mente que outros desenvolvedores iram fazer manutenções e implementações naquele determinado projeto, e por isso devemos escrever códigos limpos e de fácil compreensão.

EVOLUA SEMPRE

Recomendo que comprem livros de boas praticas de programação e arquitetura de softwares, alguns desses livros custam um preço salgado, mas não veja como um gasto, veja como um investimento em seu conhecimento.


Samuelson
Samuelson

Apenas um desenvolvedor que resolveu compartilhar o que aprendeu, procuro passar a realidade do desenvolvimento de software com exemplos práticos e sem enrolação. Trabalho com desenvolvimento de SREP (Sistemas de Registo Eletrônico de Ponto) e integração de leitores biométricos de acordo com os padrões da portaria 373/2011.

    3 replies to "Escreva códigos para pessoas e não para máquinas"

    • Johnatan

      Artigo bem legal, tem algum indicação de livro para boas práticas?

      • Samuelson

        Sim, Johnatan. Vou criar um post de indicações de livros. Pretendo postar mais conteúdos no blog esse ano, coloquei na pauta aqui. Abraço fera!

      • Thyago

        O livro “Código Limpo” é ótimo

Leave a Reply

Your email address will not be published.